SELECIONE OU DESLIGUE O SOM NO PLAYER AO LADO
Novidades - "Galã que encantava"
O galã que cantava e dançava aos domingos.

Domingo, meio dia. Um grande público - predominantemente feminino - lotava as dependências do velho teatro situado defronte à movimentada Praça Marechal Deodoro da Fonseca, no bairro paulistano de Santa Cecília.

Daquele acanhado auditório, outrora pertencente à extinta TV Paulista, era gerado ao vivo o “Programa Sílvio Santos”, uma maratona televisiva que ocupava oito horas da grade de programação dominical da Rede Globo e que garantia à “vênus platinada” a liderança inconteste em audiência.


Atendendo ao sinal da direção do programa, o folclórico animador de auditório Gonçalo Roque conclama as tietes a gritarem e a balançarem os seus ‘pompons’. As ‘silvetes’ (ou ‘telemoças’, como o próprio apresentador preferia distinguir) já se encontram devidamente posicionadas. Eis que a orquestra do maestro Milani executa a indefectível marcha de abertura, anunciando a chegada ao palco do mais popular apresentador de televisão do país.

Após saudar efusivamente suas ‘colegas de trabalho’, Sílvio Santos anuncia os quadros que comporão o programa e que, segundo o bordão criado pelo mesmo, farão do domingo um dia de alegria. A partir das 14 horas, tem início o quadro “Os Galãs Cantam e Dançam aos Domingos”, sob a direção de Luciano Callegari. Em meio aos gritos histéricos das fãs, Sílvio Santos chama ao palco o “grande astro” Paulo Sérgio. Impecavelmente vestido num terno escuro, com correntes e medalhões a adornar-lhe o peito, o cantor cumprimenta Sílvio Santos e acena timidamente para o público.

A espirituosidade do apresentador, sempre a lançar mão de algum comentário jocoso, parece contrastar com a recorrente sisudez de Paulo Sérgio, provocando-lhe, em alguns momentos, um aparente desconcerto. O cantor, então, interpreta o seu grande sucesso “Fujo de Mim”. Em seguida, conforme preceituava o formato da atração, Sílvio Santos apresenta uma das fãs sorteadas da semana, que, por meio de uma carta, revelara toda sua admiração por Paulo Sérgio. A esta caberia o privilégio de dançar no palco com o grande ídolo.

Durante seis anos, Paulo Sérgio integrou o elenco fixo do programa “Os Galãs Cantam e Dançam aos Domingos”, que tinha quatro horas de duração, juntamente com os cantores Antônio Marcos e Wanderley Cardoso, chegando a comandar o quadro numa ocasião em que Sílvio Santos precisou viajar ao exterior. Outros artistas também participavam esporadicamente da atração, como Marcus Pitter, Cláudio Fontana, Jerry Adriani, Márcio Greyck, Nilton César, Djalma Lúcio, Luiz Carlos Clay, Marcos Roberto, Ary Sanches, Tony Angeli, Arthurzinho, Ricardo Coração de Leão, Mauro Sérgio dentre outros. Ao final, em clima de total descontração, os “galãs”, acompanhados por suas respectivas fãs sorteadas, dividiam os vocais e interpretavam canções dos mais diversos estilos e épocas. Os ensaios com a orquestra ocorriam algumas horas antes do programa ir ao ar.





Web Site Oficial do Cantor Paulo Sérgio elaborado e mantido por seus filhos e pelo Fã-Clube Paulo Sérgio Para Sempre.

© 2008 - paulosergiodemacedo.com
Todos os direitos reservados.