SELECIONE OU DESLIGUE O SOM NO PLAYER AO LADO
Discografia - "Volume 08 - 1.974"
Coletânea dos sucessos do cantor.

- NÃO QUERO VOCÊ
(JOSÉ ALVES - PAULO SÉRGIO)

CLIQUE AQUI PARA OUVIR UM TRECHO DESSA MÚSICA

Não sei se tenho direito
Mas vou dizer e você vai ouvir
Aconteceu tanta coisa
E o nosso amor de repente mudou
Acreditei que era pura, te amei com ternura
E você me enganou
Sei que para mim foi um sonho
Mas não me envergonho e digo porquê
Você foi na minha vida o que eu sempre quis
Mas sei que a seu lado eu não vou ser feliz
Toda verdade foi dita
E já não me importa o que você fez
Já deixei tudo de lado
E o nosso passado eu matei de uma vez
Tudo na vida se passa
E eu nem de graça quero você
Procure o seu caminho
Que eu sigo sozinho e digo porquê
Você foi na minha vida o que eu sempre quis
Mas sei que a seu lado eu não vou ser feliz


- MINHAS QUALIDADES, MEUS DEFEITOS
(CARLOS ROBERTO - PAULO SÉRGIO)

CLIQUE AQUI PARA OUVIR UM TRECHO DESSA MÚSICA

Eu me lembro aquele dia
Que você apareceu
Com o sorriso muito triste
E o olhar de quem sofreu
Eu lhe dei o meu carinho
Fiz você muito feliz
E agora você
Você diz não me querer
Sei que minhas qualidades cobrem meus defeitos
E não é direito você querer pôr todos contra mim
O que passa em nossa casa
Você sai a comentar
Chega até a falar mentiras
Para poder me incriminar
Diz que eu não lhe dou nada
Esquecendo de lembrar
Que o meu nome eu lhe dei
Fazendo todos respeitar
Sei que minhas qualidades cobrem meus defeitos
E não é direito você querer pôr todos contra mim
Mas eu sou bastante forte
Me coloco em meu lugar
Minha personalidade
Ninguém pode abalar
Você vive de passeios
Pra fazer raiva em mim
E eu não ligo porquê
Já não importa, eu penso assim
Sei que minhas qualidades cobrem meus defeitos
E não é direito você querer pôr todos contra mim


- PENSE EM MIM
(ALMIR BEZERRA - COSTA)

CLIQUE AQUI PARA OUVIR UM TRECHO DESSA MÚSICA

Se sentir que o seu coração vazio está
Solidão com você vier então morar
Meu amor, por favor não fique triste assim
Pense em mim, pense em mim, pense em mim
Se na vida tão sozinha você vai ficar
E sem ter um alguém para lhe acompanhar
Meu amor, por favor esqueça tudo, enfim
Pense em mim, pense em mim, pense em mim
Recorde sempre com carinho
Como foi lindo o nosso amor
Que os momentos mais felizes
Eu levarei por onde for
Se o amor procurar e não encontrar
Esqueça tudo, enfim
Pense em mim, pense em mim, pense em mim


- MULTICOLORIDA
(GIL CARLA - RAFA)

CLIQUE AQUI PARA OUVIR UM TRECHO DESSA MÚSICA

Muitas imagens neste momento estão passando por mim
Entre quatro paredes, luzes negras acesas, não consigo dormir
Tudo agora está tão diferente
Estas cores só traduzem o mal
É preciso que eu encontre gente
Que me leve ao mundo natural
Eu me sinto amarrado aqui
Por alguém que não consigo ver
Minha paz há muito eu perdi
Se eu não sair dessa vida multicolorida
Eu prefiro morrer


- VIDA, PARA QUÊ?
(GIL CARLA - RAFA)

CLIQUE AQUI PARA OUVIR UM TRECHO DESSA MÚSICA

Vida, para quê?
Eu não quero viver
Sem o seu carinho prefiro morrer
Sem você não sei viver
Sei que minha vida depende de você
Minha alegria depende de você
Todo o amor que tenho pertence a você
Mas você não quer me pertencer
Vida, para quê?
Eu não quero viver
Sem o seu carinho prefiro morrer
Sem você não sei viver
Tudo que eu olho me lembra você
Em meu pensamento só cabe você
Eu tenho o desejo de lhe abraçar
Mas você não quer me desejar
Vida, para quê?
Eu não quero viver
Sem o seu carinho prefiro morrer
Sem você não sei viver


- JÁ NÃO SINTO NADA POR VOCÊ
(CARLOS ROBERTO - PAULO SÉRGIO)

CLIQUE AQUI PARA OUVIR UM TRECHO DESSA MÚSICA

Você me magoou
Você me fez sofrer
Nem mesmo respeitou
Meu coração sofrendo
Meu pranto a correr
Pedi para que você não me abandonasse
Me lembro, eu falei que se você partisse
Por lá mesmo ficasse
Acontece que você voltou
E outro alguém em seu lugar achou
Vá viver a vida de prazer
Já não sinto nada por você
Lutei para ser feliz
E o meu destino quis
E pôs em meu caminho
Alguém que tem carinho
E só me faz sorrir
Pedi para que você não me abandonasse
Me lembro, eu falei que se você partisse
Por lá mesmo ficasse
Acontece que você voltou
E outro alguém em seu lugar achou
Vá viver a vida de prazer
Já não sinto nada por você

- NÃO MORREU A ESPERANÇA
(CARLOS ROBERTO - PAULO SÉRGIO)

CLIQUE AQUI PARA OUVIR UM TRECHO DESSA MÚSICA

Faz tanto tempo que nem sei o que é sorrir
O que é ter felicidade, um pouco de calor
Desde o dia em você olhou para mim e disse adeus
Eu sigo triste sem querer viver
Por toda parte procurei notícias suas
Tudo em vão, cada resposta uma desilusão
Vou fraquejando no caminho
Vou pisando em espinhos
Levo comigo tristeza e solidão
Não morreu a esperança
Vive ainda a lembrança
Que nem mesmo o tempo vai matar
O seu jeito tão criança
Sua ausência e a distância
Mais aumenta a sede de te amar


- SÓ VOCÊ
(GIL CARLA - RAFA)

CLIQUE AQUI PARA OUVIR UM TRECHO DESSA MÚSICA

Todo o amor que existe em mim vou entregar a você, só você
Minha vida vai sorrir se eu encontrar com você, com você
Eu quero adormecer-me em seus braços
Eu quero envolvê-la com abraços
E sentir seu corpo ao meu e delirar de amor
Pois só você pode enfeitar
Os caminhos por onde eu devo passar
Você, razão do meu mundo, meu bem-querer
Só você, só você, somente você
Razão do meu tudo, do meu mundo


- LA BOHÊME
(J. PLANTE - C. AZNAVOUR)

CLIQUE AQUI PARA OUVIR UM TRECHO DESSA MÚSICA

O que vou recordar é do tempo que os jovens de hoje desconhecem
Montmartre de outrora, das salinhas de frente, era bem diferente
Invadiam janelas, as flores singelas dos ramos da rua
E para mim que pintava, quando eu te pedia tu posavas nua
La Bohême, La bohême
Tempo a passar, tempo a correr
La Bohême, La bohême
Vida feliz, feliz viver
Sem dinheiro, sem nada, sonhávamos ambos com dias de glória
Recordo o teu corpo que me fez um pintor, ciumento de amor
E é como se vejo nós dois a trocar pelo pão numa tela
No inverno sombrio, quê importava o frio se a vida era bela?
La Bohême, La bohême
É ramos loucos, jovens demais
La Bohême, La bohême
Tudo é saudade, nada mais
Se o acaso me leva de volta a rever meu antigo endereço
As paredes e ruas da minha mocidade, eu não mais reconheço
Hoje nada mais resta: nem flores nem festa na nossa alegria
E Montmartre parece, quando a noite desce, tão fria e vazia
La Bohême, La bohême
Pintando a vida, o amor chegou
La Bohême, La bohême
Vida boêmia que acabou


- O QUE IMPORTA É O NOSSO AMOR
(CARLOS ROBERTO - PAULO SÉRGIO)

CLIQUE AQUI PARA OUVIR UM TRECHO DESSA MÚSICA

Nem mesmo este cansaço que eu sinto
Nem mesmo a vida cara como está
Não ligo se chover o ano inteiro
Com dinheiro ou sem dinheiro
Eu não deixo de te amar
O que importa é seu carinho e o nosso amor
Nossa vida sendo assim feliz eu sou
Nem mesmo o calor e a multidão
A fila para pegar a condução
Nem mesmo se você ficar nervosa
Fizer charme, fizer prosa
Eu não deixo de te amar
O que importa é seu carinho e o nosso amor
Nossa vida sendo assim feliz eu sou
Se às vezes me aborreço lá na rua
É claro que a culpa não é sua
Na rua mesmo eu tento resolver
O que fez me aborrecer
E depois com um sorriso eu vou te ver
E o que importa é seu carinho e o nosso amor
Nossa vida sendo assim feliz eu sou
Eu tenho sempre esta opinião
Por isso vive em paz meu coração
Se amo, para que vou maltratar
O amor que me pertence
Por qualquer coisa que há?
O que importa é seu carinho e o nosso amor
Nossa vida sendo assim feliz eu sou


- VOCÊ ME DISSE ADEUS
(CARLOS ROBERTO - PAULO SÉRGIO)

CLIQUE AQUI PARA OUVIR UM TRECHO DESSA MÚSICA

Já não adianta eu ficar pensando que já te perdi
Já estão tão longe todos os momentos bons que eu já vivi
Você se foi sorrindo e eu fiquei calado só para não dizer adeus
Eu queria tanto sufocar meu pranto nos cabelos seus
Você me disse adeus e foi sem me dizer porquê
Você se foi sorrindo e eu fiquei sabendo que ia te perder
E agora compreendo bem o que você foi para mim
Agora eu entendo que toda minha vida está chegando ao fim
Já não interessa tudo que eu tenho sem o seu amor
Faço qualquer coisa para te ter de volta, seja como for
Eu tenho tanto, tanto... Para te dizer, mas você não vem para mim
Eu queria tanto todo esse meu pranto ver chegar ao fim
Você me disse adeus e foi sem me dizer porquê
Você se foi sorrindo e eu fiquei sabendo que ia te perder
E agora compreendo bem o que você foi para mim
Agora eu entendo que toda minha vida está chegando ao fim


- VOU VOLTAR PARA MINHA TERRA
(CARLOS ROBERTO - PAULO SÉRGIO)

CLIQUE AQUI PARA OUVIR UM TRECHO DESSA MÚSICA

Não suporto essa espera de rever o que é meu
Vou contar, na minha terra, tudo que me aconteceu
Eu cheguei aqui há pouco, mas aqui não fico mais
A saúde em mim é tanta de rever meu lar, meus pais
E abraçar os meus irmãos, ver o berço onde eu nasci
Repousar meu corpo frágil que cresceu, nem percebi
Minha terra é muito boa: vou para lá, não fico aqui
Não, não, não, não
Não, não, não, não





Web Site Oficial do Cantor Paulo Sérgio elaborado e mantido por seus filhos e pelo Fã-Clube Paulo Sérgio Para Sempre.

© 2008 - paulosergiodemacedo.com
Todos os direitos reservados.